Mostrando regularidade e um bom desempenho, o sorocabano Átila Abreu frequentou o top 10 pelo segundo dia consecutivo nos treinos livres realizados para a etapa de abertura da temporada 2017 da Stock Car, no Autódromo Internacional de Goiânia (GO). O piloto da Shell Racing repetiu a performance dos testes coletivos da quinta-feira na capital goiana, e voltou a ficar entre os dez melhores na única sessão desta sexta-feira.

Átila Abreu foi para a pista na segunda parte das atividades, com uma hora de duração. O sorocabano, que tem boas recordações da pista de Goiânia – foi o vencedor da última etapa da Stock Car realizada no local, em novembro do ano passado -, marcou o tempo de 1min24s667 após 20 voltas completadas, e ficou na quarta posição em sua sessão. No geral, terminou em sétimo.

Com isso, Átila ficou pelo terceiro treino seguido no top 10 em Goiânia. Nos dois anteriores, na quinta-feira, finalizou em sétimo e oitavo lugares, respectivamente. O piloto da Shell Racing foi mais rápido em relação à sua marca pessoal registrada na quinta-feira, de 1min24s959.

A regularidade do sorocabano de 29 anos pode ser um trunfo para o novo formato do treino classificatório, marcado para este sábado às 13h – antes, a partir das 8h25, será realizado o segundo treino livre. Agora, serão três sessões. No Q1, os 15 melhores avançam para a fase seguinte. Após o Q2, sobrarão apenas os seis mais rápidos, que lutarão pela pole position no Q3 em uma única volta lançada para cada competidor.

No domingo, a rodada dupla terá largadas às 13h e 14h10.

O que eles disseram:

Átila Abreu, piloto do carro #51

“Conseguimos evoluir o carro em relação à quinta-feira. Estivemos no grupo da frente, consolidados entre os dez primeiros. Os treinos mostraram isso. Mas ainda sofremos com a traseira do carro, que não me permite ser mais rápido. Se acharmos o caminho, entraremos no grupo dos três primeiros. E isso vale para os dois carros da Shell Racing. Vamos trabalhar em conjunto para resolver esse problema”

Thiago Meneghel, chefe da equipe Shell Racing

“Começamos de uma forma interessante, evoluímos algumas coisas, mas ainda temos algumas correções para fazer. Dá para melhorar um pouco mais. É uma categoria muito difícil, todo mundo vai melhorando. Se nós acharmos o acerto, estaremos na briga entre os primeiros”

 

Treino livre – Goiânia

 

1º. D. Serra – 1min23s961

2º. F. Fraga – 1min24s376

3º. R. Maurício – 1min24s421

4º. T. Camilo – 1min24s427

5º. J. Campos – 1min24s546

6º. M. Wilson – 1min24s586

7º. Átila Abreu – 1min24s667

8º. G. Osman – 1min24s727

9º. R. Zonta – 1min24s773

10º. M. Gomes – 1min24s801