Foi uma sexta-feira bastante produtiva para Átila Abreu no Velopark. O piloto da Shell V-Power se mostrou competitivo nos dois treinos livres desta sexta-feira para a terceira etapa da temporada, com um terceiro e um quarto lugares, respectivamente.

O sorocabano, que tem uma vitória no autódromo gaúcho em 2011, teve um carro bem equilibrado em ambas as sessões, realizadas sob um forte calor. Isso foi positivo, já que em Curitiba Átila sofreu com o aumento da temperatura entre os treinos de sexta e sábado e a previsão para o restante do fim de semana é de mais temperaturas altas.

Átila apenas espera evoluir o acerto do carro para conseguir mais rapidamente os tempos competivos, ou seja, marcar as melhores voltas logo no começo dos trechos, e não apenas com a sequência de voltas.

Isso será fundamental para a classificação, já que o equilíbrio deve ser grande e será fundamental largar nas primeiras filas pelo fato de o Velopark ser a pista mais curta do calendário, com apenas 2.278 metros.

O sábado terá mais um treino livre, às 9h30, e a classificação para a primeira corrida, às 13h, com exibição ao vivo do SporTV2. No domingo, o canal também transmite as duas baterias, às 12h20 e 13h15.

No Velopark, Átila corre com um logotipo retrô da Shell para homenagear o aniversário da primeira corrida da história da Stock Car, dia 22 de abril de 1979, justamente num autódromo gaúcho, no caso, Tarumã.

 

O que disse Átila Abreu:

“Foram dois treinos muitos produtivos, bem competitivos em ambas as situações. É óbvio que treino livre nunca sabemos as condições de todos os pilotos. Mas o carro se comportou bem e agora é achar o ajuste fino. Vamos ver como foi o trabalho do Zonta para analisar como vamos para amanhã e conseguir aproveitar o máximo para colocar o carro lá na frente. O que nos atrapalhou em Curitiba é que fez frio nos treinos livres e esquentou demais depois. Hoje já foi quente aqui e fomos competitivos e é muito provável que a temperatura continue parecida amanhã. É só evoluir para que o carro vire tempo mais rapidamente, precisamos achar essa melhora ainda porque as primeiras voltas ainda não têm nos colocado rápidos o suficiente para passar a um Q2 ou Q3”

 

Resultado final da sexta-feira no Velopark:

1º J.Campos – 53s697
2º R.Suzuki – 53s789
3º T.Camilo – 53s811
4º Á Abreu – 53s864
5º M.Gomes – 53s914