Átila Abreu voltou a mostrar competitividade e vai largar em quinto na primeira prova da rodada dupla de Tarumã, antepenúltima etapa da temporada-2017 da Stock Car. É a sexta vez em dez treinos classificatórios no ano que Átila fica entre os dez primeiros colocados.

Depois de andar no meio do pelotão nos treinos de sexta-feira, Átila e a Shell Racing analisaram os dados do carro #51 e conseguiram evoluir o acerto para o sábado. Já no treino livre pela manhã, o sorocabano foi o nono colocado.

No Q1, Átila não conseguiu a melhor volta na primeira tentativa, mas depois conseguiu se colocar em décimo, avançando ao Q2. Na segunda etapa do treino, ele evoluiu e terminou em sexto, arrancando a última vaga no Q3.

Como seus melhores tempos no Q1 e Q2 não vieram nas primeiras tentativas, Átila acabou tendo um maior desgaste dos pneus, o que o deixou em desvantagem na etapa final do treino e, com isso, ele terminou com o quinto melhor tempo.

De qualquer forma, com alguns de seus adversários na briga pelas primeiras posições no campeonato largando do meio para trás no pelotão, o saldo da classificação foi positivo e Átila está animado para as duas baterias de domingo.

O sorocabano concorre ao prêmio do Fan Push, um disparo extra do botão de ultrapassagem na segunda bateria por intermédio de votação no site oficial da Stock Car (www.stockcar.com.br). A largada da primeira prova será às 13h (horário de verão), com transmissão ao vivo do SporTV3.


O que disse Átila Abreu:

“Foi uma classificação bem positiva. No Q3 faltou um pouquinho, mas ontem não estávamos bem e a Shell Racing trabalhou perfeitamente bem para tentar identificar o problema e tanto eu como toda a equipe conseguimos identificá-lo, fazia sentido, e viemos com uma outra receita completamente diferente e funcionou, com os dois carros no Q3. Meu carro estava um pouco dianteiro e sempre precisei dar uma volta a mais no Q1 e no Q2, enquanto alguns adversários tinham duas voltas, eu tinha quatro ou cinco. E são quatro ou cinco voltas arrastando o pneu e castigando. Sabia que no Q3 seria difícil, tentei forçar para ver se o carro faria, era o tudo ou nada, não deu e acabei errando. A corrida é bem difícil, com o asfalto desgastando os pneus, mas vamos trabalhar e tentar descontar pontos dos líderes, aproveitando que alguns competidores nossos ficaram lá atrás”


Grid de largada em Tarumã:

1º G.Osman – 1m07s800
2º T.Camilo – 1m07s902
3º M.Wilson – 1m08s216
4º D.Serra – 1m08s253
5º Á.Abreu – 1m08s646

Campeonato de pilotos:

1º D.Serra – 259 pontos
2º T.Camilo – 255
3º F.Fraga – 214
4º Á.Abreu – 204
5º R.Barrichello – 186