Em busca da recuperação na temporada 2018 da Stock Car, Átila Abreu disputa neste fim de semana a quinta etapa do ano, em Santa Cruz do Sul (RS). Na segunda corrida de Londrina, Átila tinha tudo para chegar à vitória, mas um drive through por uma irregularidade no pit stop atrapalhou.

Agora, em Santa Cruz, o sorocabano da Shell V-Power espera comprovar a velocidade e ritmo consistente do carro #51 sem que haja outros problemas mecânicos que o impediram de conquistar melhores posições – o quarto lugar na segunda prova no Velopark é o melhor resultado até agora.

Átila Abreu até hoje tem como melhor resultado na pista de Santa Cruz do Sul um terceiro lugar na temporada de 2009. Em pistas gaúchas, o sorocabano conseguiu outros seis pódios na Stock Car e uma vitória.

Contemplado duas vezes este ano com o Fan Push, um disparo extra do botão de ultrapassagem na corrida 2, Átila volta a ficar elegível para a rodada de Santa Cruz do Sul. A votação vai até o domingo, pouco antes da largada para a rodada dupla.

Os primeiros treinos livres serão disputados na sexta-feira, enquanto o sábado está reservado para a terceira sessão livre e a classificação, às 13h, com transmissão ao vivo do SporTV3. Domingo, às 14h e 15h05, serão disputadas as duas corridas – o SporTV2 passa ao vivo.

 

O que disse Átila Abreu:

“Vamos para Santa Cruz em busca da vitória que escapou das nossas mãos em Londrina. A vitória está batendo na trave e Londrina foi a prova disso, fomos muito bem nos treinos livres, deixamos um pouco a desejar na classificação mas mesmo assim largamos no pelotão da frente, e, com uma boa estratégia entre as corridas 1 e 2, sairíamos de lá como maiores pontuadores do fim de semana. Mas o erro no pit stop na corrida 2, que nos custou um drive through, e, consequentemente, a perda da vitória. Temos de focar em conseguir os bons resultados, alinhar os últimos detalhes que faltam, porque temos tido uma performance boa, algumas vezes temos de correr atrás, e, quando largamos mais à frente, temos sido protagonistas. Agora precisamos transformar essa velocidade em resultado. Meu objetivo para Santa Cruz é continuar com essa velocidade e alinhar esses detalhes, já que toda corrida tem aparecido alguma coisinha. Tomara que possamos comemorar a vitória e voltar ao lugar onde nunca deveríamos ter saído, já está fazendo falta essa vitoriazinha. Vamos trabalhar, Santa Cruz é uma pista que eu gosto, estou animado, é terra da namorada, com parentes, vamos com esse bom astral para buscar essa primeira vitória no ano”