Um dia de muito aprendizado mas que deixou boas perspectivas para Átila Abreu no fim de semana da rodada dupla da Stock Car no Velo Città, em Mogi-Guaçu, no interior de São Paulo.

Correndo a aproximadamente 160 quilômetros da cidade natal Sorocaba, Átila Abreu conta com a torcida de parentes e amigos, e o sexto lugar no primeiro treino livre foi um bom começo para o piloto da Shell Racing.

O dia começou com o warm up, um primeiro contato dos pilotos com o traçado de 3.493 metros, e Átila sentiu que era preciso mexer bastante no carro #51 para a outra atividade desta sexta-feira.

Aos poucos, o equilíbrio do carro melhorou nas constantes mudanças de direção e altura do circuito, mas, apesar de o acerto ainda não estar 100%, o piloto da Shell Racing conseguiu se posicionar em sexto no fim do dia.

Quarto colocado no campeonato, Átila volta à pista neste sábado às 10h50 para o segundo treino livre. Às 14h, com transmissão do SporTV3, será disputado o treino classificatório para a definição do grid da primeira prova.

No domingo, a primeira corrida será disputada às 14h, enquanto a segunda prova terá largada às 15h10. Ambas as corridas serão exibidas ao vivo pelo SporTV2.

Neste fim de semana, Átila concorre ao Fan Push, um disparo extra do botão de ultrapassagem na segunda corrida. A votação é feita no site oficial da Stock Car (www.stockcar.com.br) e três pilotos serão premiados. Na Corrida do Milhão, em Curitiba, Átila foi um dos mais votados e ganhou o Fan Push.


Resultado do treino livre 1:

1º D.Serra – 1m28s420
2º L.Foresti – 1m28s549
3º A.Khodair – 1m28s741
4º C.Bueno – 1m28s801
5º G.Casagrande – 1m28s822
6º Á.Abreu – 1m28s933
7º M.Gomes – 1m28s975
8º R.Maurício -1m29s067
9º T.Camilo – 1m29s091
10º M.Wilson – 1m29s130


O que disse Átila Abreu:

“A pista vem melhorando, não me parece uma pista que vai ter tanta aderência de borracha como outras, é um circuito que já vem limpo. Foi um bom treino. No warm up senti o carro bem desequilibrado, e começamos mal o treino livre, mas fizemos uma mudança que acendeu o carro. Depois tentamos evoluir, demos um passo para trás, faltou um pouquinho de achar a melhor situação. Mas estamos na briga, estamos entre os mais rápidos. Ainda precisamos evoluir, precisamos acertar um pouco, pegar as minhas informações com a do meu companheiro de equipe para darmos um passo à frente”