Em busca do primeiro título na Stock Car, Átila Abreu volta neste fim de semana ao circuito que marcou sua estreia na principal categoria do automobilismo brasileiro, em outubro de 2006. E, curiosamente, o palco da próxima rodada dupla nem fica no Brasil, pois trata-se do Autódromo Juan e Oscar Galvez, em Buenos Aires, capital da Argentina.

Onze anos depois, muita coisa mudou na vida de Átila. O então garoto de 19 anos que experimentava a Stock Car se consolidou na categoria e conquistou nove vitórias, 11 poles, 32 pódios e um vice-campeonato, obtido em 2014.

Este ano, o sorocabano ocupa uma sólida terceira colocação na classificação geral, com uma vitória no Velo Città, e terminou 12 das 15 corridas entre os dez primeiros, somando sete top5 com quatro pódios e uma pole position.

Tal consistência vem sendo a chave para Átila se manter em boas condições na briga pelo campeonato, a  45 pontos da liderança, com mais sete provas a disputar, sendo a última com pontuação dobrada.

A programação em Buenos Aires começa com o treino livre de sexta-feira e segue no sábado, com mais uma prática antes da classificação, prevista para as 14h, com transmissão do SporTV3. No domingo, as duas baterias também serão exibidas ao vivo pelo SporTV 3, com a largada da primeira prova às 14h.


Campeonato de pilotos:

1º D.Serra – 235 pontos
2º T.Camilo – 222
3º Á.Abreu – 190
4º F.Fraga – 174
5º C.Bueno – 166
O que disse Átila Abreu:

“Minha primeira participação na Stock Car foi justamente em Buenos Aires, numa corrida “avulsa” disputada sob chuva. Sem dúvida é muito bacana retornar à Argentina, agora num traçado diferente do que competimos outras vezes. Estou muito curioso para ver o tempo de volta do Stock Car atual. Treinei a pista no simulador e o traçado me parece bem técnico, com trechos de alta e outros mais travados. Será importante aproveitar bem os treinos livres para ganhar tempo de pista. Acredito que a tomada de tempo vai ser muito importante, pois a pista tem poucos pontos de ultrapassagem. Temos uma grande chance para pontuar bem e reduzir a diferença para o líder”