Num treino marcado pelo grande equilíbrio, Átila Abreu ficou com o oitavo lugar no grid de largada da primeira prova da etapa de Buenos Aires da Stock Car. O piloto da Shell Racing avançou em sexto no Q1 e ficou a apenas 0s163 do top6 que seguiu até o Q3.

Átila enfrentou dificuldades com o aquecimento dos pneus e precisou dar voltas a mais para conseguir seus melhores tempos, apesar de o asfalto de Buenos Aires ser muito abrasivo e causar um desgaste acentuado da borracha.

Curiosamente esse é um ponto que deixa o sorocabano otimista para as duas provas, já que o carro #51 se mostrou constante com o passar das voltas e, melhor, sem um consumo tão elevado dos pneus, fato aliás que tem ocorrido em toda a temporada.

Em terceiro no campeonato, a 45 pontos da liderança, Átila Abreu espera manter o contato com os primeiros colocados na tabela e, com o ritmo constante que costuma apresentar durante as corridas, marcar pontos importantes na briga pelo título.

Por outro lado, um fator que pode também ser positivo para o piloto da Shell Racing é a possibilidade de chuva prevista para o domingo em Buenos Aires, o que pode provocar uma loteria nas estratégias.

O SporTV3 transmite as duas provas da rodada de Buenos Aires a partir das 14h (de Brasília).


O que disse Átila Abreu:

“Esperava estar no Q3 e largar entre os quatro primeiros, sempre estive entre os melhores nos treinos. Porém, desde o primeiro treino, não conseguimos virar na primeira volta, o carro tem demorado a gerar temperatura e não se acha o equilíbrio ideal. Na curva 1 o carro é muito dianteiro na primeira volta e bom no restante da pista, e nas outras voltas fica bom na primeira curva e nem tanto nas outras. Se pegar os trechos eu teria tempo para entrar fácil. Performance do carro tem, mas  o problema é gerar temperatura e aproveitar o melhor do pneu. Amanhã tem previsão de chuva, no Q2 dei três voltas no mesmo décimo, talvez nosso carro tenha bom ritmo de corrida, pode ser uma vantagem para nós. Vamos trabalhar para amanhã ser um grande dia”


Grid de largada:

1º D.Serra – 1m16s254
2º T.Camilo – 1m16s281
3º F.Fraga – 1m16s737
4º J.Campos – 1m16s926
5º A.Pizzonia – 1m17s085
6º D.Nunes – 1m33s702
7º A.Khodair – 1m16s776
8º Á.Abreu – 1m16s819
9º R.Maurício – 1m16s840
10º M.Gomes – 1m16s857

Campeonato de pilotos:

1º D.Serra – 235 pontos
2º T.Camilo – 222
3º Á.Abreu – 190
4º F.Fraga – 174
5º C.Bueno – 166