No Velopark, piloto da Shell Racing fica a apenas 0s2 do melhor tempo, e mantém escrita de ficar entre os dez melhores em todas as atividades de pista de 2017
 
Um começo sólido: assim pode ser definida a sexta-feira de Átila Abreu no primeiro treino livre para a segunda rodada dupla da temporada-2017 da Stock Car, no Velopark, em Nova Santa Rita-RS. 
 
Num treino bastante equilibrado, o piloto da Shell Racing entrou na pista ainda no primeiro grupo, e terminou o dia na décima colocação, mas a apenas 0s2 da melhor marca da sexta-feira. Com isso, Átila segue com 100% de aproveitamento: ele ficou entre os dez primeiros em todas as atividades de pista do ano.
 
Com o traçado mais curto do campeonato, com apenas 2.278 metros, esse equilíbrio entre os tempos já era esperado, com pequenos detalhes em cada volta sendo decisivos para uma posição entre os primeiros.
 
Diante disso, uma boa colocação no grid de largada é fundamental e Átila tentará neste sábado sua primeira pole position no Velopark. O sorocabano do carro #51 tem uma vitória no circuito gaúcho, em 2011 e ainda um terceiro lugar na segunda bateria de 2016, seu primeiro pódio pela Shell Racing.
 
Neste sábado, será disputado o segundo treino livre, às 9h. Já o treino classificatório, com transmissão ao vivo do SporTV 2, começa às 13h, com três partes como na Fórmula 1. No Q1, os carros são divididos em dois grupos pela posição do campeonato (pares e ímpares) e os 15 melhores avançam ao Q2. Na segunda parte, os 15 pilotos entram juntos e apenas os seis melhores seguem. No Q3, cada piloto entra sozinho na pista e dá uma volta lançada em busca da pole position. 
 
No domingo, as duas baterias terão 45 minutos de duração, a primeira começando às 13h, e a segunda às 14h10, também com transmissão do SporTV 2.
 
Tempos
 
1º R.Maurício – 54s288
2º T.Camilo – 54s213
3º V.Brito – 54s372
4º J.Campos – 54s437
5º D.Serra – 54s462
6º M.Wilson – 54s468
7º L.Foresti – 54s504
8º G.Casagrande – 54s526
9º C.Bueno – 54s528
10º A.Abreu – 54s536
 
O que eles pensam:
 
Átila Abreu, piloto do carro #51
“Foi bom, é uma pista gostosa e divertida de andar e ao mesmo tempo com voltas bem rápidas. Tem algumas particularidades que a gente tem de encontrar para andar bem aqui. A gente esteve no pelotão intermediário na maior parte do treino, um pouco melhor no começo, e voltamos a melhorar no fim. Ainda tem alguns detalhes para melhorar no carro para pular ao pelotão da frente. Aqui os tempos são muito próximos, tomei apenas dois décimos do primeiro, é pouca coisa se vermos a posição em que eu fiquei, mas aqui pela volta ser curta, é normal essa diferença entre os carros. A gente vai ter que trabalhar um pouco mais, ver o que o (Ricardo) Zonta desenvolveu, para a gente achar alguma coisa no carro e pular para onde a gente precisa. Falta pouco!”
 
Thiago Meneghel, chefe da equipe Shell Racing
 
“Foi um dia bem produtivo. A gente esperava uma condição diferente de pista, de acerto e tudo, os carro não estão com o acerto ideal ainda. A gente está perto, a dois décimos com o Átila e três décimos e meio com o Zonta, mas aqui é muito embolado, é muito no detalhe. A gente percebeu que tem o que melhorar para amanhã, mas vamos caprichar agora para acertar e colocar o dedo no lugar certo para funcionar. A perspectiva é de melhorar um pouco e vai ser bem difícil e apertado”