Uma atuação impecável atrapalhada por uma grande decepção. Átila Abreu perdeu a oportunidade de vencer pela primeira vez no campeonato da Stock Car após receber uma punição com uma passagem pelos boxes por uma irregularidade durante o pit stop da corrida 2. Com isso, o sorocabano, que já havia sido o sexto na prova inicial, completou apenas em 16º.

Na primeira corrida, Átila conseguiu um bom progresso largando da 11ª posição. Com ultrapassagens precisas e contando com um bom trabalho de box da equipe Shell V-Power, o piloto levou o carro #51 à sexta colocação, seu melhor resultado no ano.

Com isso, as esperanças de um bom resultado eram grandes na segunda prova. A largada não foi positiva, com Átila ficando encaixotado entre outros carros e caindo de quinto para sexto. Mas a recuperação de Átila seria rápida.

Logo na segunda volta, o sorocabano voltou ao sexto lugar, e a quinta posição veio na oitava passagem. Uma punição a um concorrente por queima de largada levou Átila ao quarto lugar, mantido após intervenção do safety car.

Assim como na primeira corrida, Abreu estendeu sua janela na pista antes do reabastecimento e, após o pit stop, voltou na liderança. Porém, os comissários desportivos viram uma irregularidade na operação e obrigaram o piloto a cumprir um drive through, No fim, Átila chegou em 16º.

A próxima rodada dupla da Stock Car será daqui a duas semanas, em Santa Cruz do Sul (RS).

 

O que disse Átila Abreu:

“É lógico que estou aborrecido pela vitória que escapou aqui em Londrina. Tivemos um carro rápido em todas as etapas do ano, e em todas as etapas problemas nos impediram de transformar a performance em pontos no campeonato. Mas não é hora de apontar o dedo pra ninguém. O automobilismo é um esporte coletivo: ganhamos e perdemos juntos. Vamos tirar as lições do que aconteceu aqui hoje para voltar mais fortes no restante da temporada”